You are currently browsing the tag archive for the ‘cerveja’ tag.

8 anos depois … eles voltaram. E agora devem estar felizes porque o Obama ganhou as eleições! #Prontofalei#

¬¬’

Diante do medo de ganhar uma multa gigante de 1000 reais, perder a carta, ir preso… ou pior: Abandonar a caninha … resolvi postar aqui como funciona o Bafômetro! (fonte: howstuffworks)

Esse aparelhinho ai de cima (com um cano razoavelmente grosso) é um BAFÔMETRO Portátil ! Os policiais andam com isso ai para determinar a concentração de álcool no sangue de motoristas suspeitos.

A intoxicação com álcool é legalmente definida pela concentração de álcool no sangue. Mas, colher uma amostra de sangue as ruas para depois analisar em laboratório não é  prático ou eficiente para deter motoristas bêbados (além de ser dolorido…eu tenho medo de agulhas!). Os testes de urina para detecção de álcool se mostraram tão impraticáveis nas ruas quanto a coleta de sangue. Havia a necessidade de um método para medir algo que estivesse relacionado com a concentração de álccol no sangue de forma não invasiva ao suspeito. Então … que tal colocar a boca no trombone?

Na década de 40, os dispositivos para análise de álcool no ar exalado foram desenvolvidos para uso pela polícia. Em 1954, Dr. Robert Borkenstein da polícia do estado de Indiana inventou o bafômetro, o tipo de dispositivo de testagem de álcool usado pela segurança pública atualmente.

Os princípios do teste

O álcool que uma pessoa ingere aparece no hálito porque é absorvido da boca, garganta, estômago e intestinos para a corrente sanguínea.

O álcool não é digerido após a absorção nem sofre modificações químicas na corrente sangüínea. À medida que o sangue passa pelos pulmões, parte do álcool atravessa as membranas dos pequenos sacos de ar dos pulmões (alvéolos) até o ar, pois o álcool evapora de uma solução, ou seja, ele é volátil. A concentração de álcool no ar alveolar está relacionada com a concentração de álcool no sangue. À medida que o álcool no ar alveolar é exalado, pode ser detectado pelo bafômetro. Ao invés de precisar tirar sangue do motorista para testar seu nível de álcool, o policial pode testar o ar exalado no próprio local e saber instantaneamente se há algum motivo para prendê-lo.

Como a concentração de álcool no ar exalado está relacionada com a do sangue, você pode ter uma idéia da concentração de álcool no sangue medindo o álcool na respiração. A proporção entre o álcool do ar expirado e o álcool sangüíneo é de 2.100:1. Isso significa que 2.100 mililitros (ml) de ar alveolar conterão a mesma quantidade de álcool que 1 ml de sangue.

Durante vários anos, o padrão legal para embriaguez nos Estados Unidos foi de 0.10, mas muitos estados atualmente adotam o padrão 0,08. O governo federal tem forçado os estados a baixarem o limite legal. A American Medical Association diz que uma pessoa pode ficar incapacitada quando o nível de álcool sangüíneo atinge 0,05. Se a concentração de álcool no sangue da pessoa é de 0,08, isso significa que há 0,08 gramas de álcool por 100 ml de sangue.

 

Aqui no Brasil, com essa LEI SECA, o padrão é de 6 decigramas de álcool por litro de sangue.

OU SEJA, dois míseros copos de CERVEJA.

 Quem for pego dirigindo depois de beber, além da multa salgada vai perder a carteira por 1 ano! uhuuu

Quanto tempo o álcool permanece no sangue após o consumo e depois de quanto tempo o motorista poderá dirigir? 
Um copo de cerveja demora cerca de seis horas para ser eliminado pelo organismo. Uma dose de uísque, que é bem mais forte do que a cerveja, demora mais tempo do que isso. O mais garantido é que o motorista possa dirigir depois de 24 horas. Se estiver de ressaca e com sintomas provocados pela grande quantidade de álcool consumida, o melhor é ficar em casa. Este é o momento em que o álcool começa a ser tóxico e permanece no corpo por mais tempo.

Mas se o motorista for pego embriagado, ele pode se recusar a fazer os testes do bafômetro e de sangue?

Yep… Se ele for espertalhão ele só vai andar em linha reta e colocar o dedo no nariz. Pagar a multa e pegar um táxi para casa.

Brasil, Brasil … e eu com medo de bochechar Listerine.